Notícia

2014 - Ano Internacional da Cristalografia


O nascimento da cristalografia moderna está associado a dois experimentos cruciais realizados no início do século XX: a descoberta da difração de raios X por Max von Laue em 1912 e a demonstração feita no ano seguinte por William Lawrence Bragg e William Henry Bragg de que esse fenômeno pode ser usado para determinar a posição dos átomos em um cristal.

A cristalografia está por detrás da descoberta da estrutura do ADN (como mostra o editorial da Nature Methods deste mes de junho), do conhecimento que permite o fabrico de memórias de computador e o desenho de novos medicamentos mais fortes, mas apenas uma pequena parte da população mundial tem conhecimento desta ciência, uma lacuna que as Nações Unidas esperam ajudar a suprir este ano.

Assim por decisão da Assembléia Geral das Nações Unidas o ano de 2014 será celebrado como o Ano Internacional da Cristalografia.

A Unicamp está ajudando na organização da Reunião de Cúpula da América Latina, que acontecerá no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) de 22 a 24 de setembro, sob o tema “Cristalografia biológica e métodos complementares”.


Parceiros