Notícia

Departamento de Química concretiza sonho e inaugura novo prédio


A satisfação de um sonho realizado pontuou os discursos da cerimônia de inauguração do novo edifício do Departamento de Química (DEQ), na manhã desta quinta-feira (6). As novas instalações ocupam uma área de aproximadamente 8 mil metros quadrados, que abrigam gabinetes de professores, salas de aula e anfiteatro, área administrativa, almoxarifado, dez laboratórios de ensino e 18 de pesquisa, além de laboratório de Ressonância Magnética Nuclear e núcleo de análises (Central Analítica). Enfim, uma estrutura “de Primeiro Mundo”, segundo um dos convidados da cerimônia, o presidente da Sociedade Brasileira de Química, Vitor Francisco Ferreira. Para ele, a Química merece esse presente, afinal, lembrou: “ela é base de tudo”.

Outro convidado que se disse impressionado com a estrutura do edifício foi o coordenador da área de Química da Capes, Luis Carlos Dias. “Conheço quase todos os cursos de pós-graduação no país e não é todo dia que se inaugura uma área como essa”, destacou. Mas a Química da UFV, de acordo com ele, merece essa estrutura pelo trabalho que vem realizando e pela contribuição que dá à ciência brasileira. Luis Carlos Dias disse que ficará torcendo para que pesquisas de alto nível continuem sendo realizadas nas dependências do novo edifício, que “certamente terão um trânsito muito grande de estudantes de graduação e de pós-graduação”. E desejou: “Que todos eles tenham uma formação adequada e consigam realizar trabalhos de excelência”.  

A reitora Nilda de Fátima Ferreira Soares destacou a alegria de entregar ao DEQ uma obra de tamanha importância. A alegria se justifica especialmente pelo fato de o DEQ contribuir muito para todas as áreas de conhecimento da Universidade, abrigando os cursos de Engenharia Química e Química (licenciatura e bacharelado) e o programa de pós-graduação. “É um conjunto de professores que oferece disciplinas para muitas áreas e para muitos outros cursos e que desenvolve dentro da Universidade não só o ensino, mas uma pesquisa de primeira linha e uma extensão que valoriza toda a nossa comunidade, o nosso entorno e o país”. Para ela, “é merecedor que o conjunto de professores, técnicos administrativos e estudantes recebam um edifício deste porte para que possam, confortavelmente, continuar desenvolvendo aquilo que eles se primam, que é a missão maior desta instituição: o ensino, a pesquisa e a extensão”.

A reitora agradeceu ao Ministério da Educação - representado na cerimônia por Dulce Maria Tristão, da diretoria de Desenvolvimento da Rede Ifes - pela possibilidade de concretizar um sonho de décadas por meio do programa de Apoio ao Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federai (Reuni). Essa realização emociona a pró-reitora de Administração, Leiza Maria Granzinolli, que acompanha durante anos a luta da Química pelo espaço e que agora “teve o privilégio” de entregar as chaves. Ela lembrou nomes importantes dessa “luta”, como ex-reitores e antigos chefes do Departamento que contribuíram para que o edifício fosse entregue.   

O chefe do DEQ, professor Antônio Jacinto Demuner, também lembrou alguns nomes importantes no empenho para a construção do edifício, cuja inauguração “representa uma alegria muito grande”. Em seu discurso, o professor também fez um breve histórico do Departamento que “apesar do espaço restrito sempre lutou pela qualidade e crescimento de suas atividades”. O chefe do Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas, Carlos de Castro Goulart, destacou a seriedade com que a Pró-Reitoria de Administração vem desenvolvendo seu trabalho e completou: ”é muito bom ver que os recursos públicos estão sendo bem empregados”.

A cerimônia de inauguração do edifício da Química contou com a presença de representantes da comunidade acadêmica e da cidade. Sua placa foi descerrada pela reitora Nilda de Fátima Ferreira Soares; pelo vice-reitor Demetrius David da Silva; pela representante do MEC Dulce Maria Tristão e pelo chefe do DEQ, Antônio Jacinto Demuner. Após a inauguração, todos participaram de uma visita às instalações do novo prédio.

 

Programação
Para a inauguração do novo edifício foi programada uma série de atividades que começaram no dia 22 de novembro. Na tarde desta quinta-feira (6), aconteceram duas palestras: Como a Química Melhora a Nossa Qualidade de Vida, com o presidente da Sociedade Brasileira de Química, Vitor Francisco Ferreira, e O papel da Capes nos diferentes níveis da educação no Brasil. Avaliação Capes na área de Quimica, com coordenador de Química da Capes, Luis Carlos Dias.

Mais informações sobre a programação estão disponíveis no site do DEQ.

 

Departamento de Química
Departamento oferece os cursos de Bacharelado e de Licenciatura em Química, Engenharia Química e mestrado e doutorado em Agroquímica. Ele reúne 41 docentes, 26 técnicos administrativos, 105 alunos de pós-graduação e 600 de graduação. O Departamento atende ainda a diversos cursos da UFV, ministrando disciplinas para mais de 6 mil alunos de graduação e de pós-graduação da UFV nas mais diversas áreas.

 

(Adriana Passos – fotos: Daniel Sotto Maior)


Parceiros